Opiniões e divagações entre porcelanas, tupperware, imitações de barbies e plantas artificiais.

.Produtos recentes

. Estranhezas

.Arrecadação

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

Domingo, 6 de Julho de 2008

Estranhezas

Estranha é a sensação de liberdade, quando deixamos para trás algo que nos prendeu durante o que pareceu uma eternidade. Uma estranha sensação de coragem, pequena mas resoluta, quando decidimos dizer ao nosso coração que basta de tentar encontrar motivos para continuar agarrado a algo que não faz bem à saude nem à alma. Uma leveza estranha que nos faz sair airosamente de cabeça levantada, ainda que incertos do que o destino nos reserva a seguir. E ao mesmo tempo, uma tremenda noção do chão que pisamos com força, mostrando, pela primeira vez em muito tempo, uma convicção que substitui as acções descaracterizadas de antes. Ainda que o mais estranho seja termo-nos entregue de corpo e alma sem sequer abrir os olhos, a algo que, de olhos abertos, saberíamos recusar com prontidão. E a partir desse momento, reabre-se um mundo que conhecemos outrora e para o qual nos fechámos. Mas desta vez será diferente, porque assim o decidimos, porque somos nós que escolhemos chutar as pedras do caminho em vez de tropeçar nelas, porque a partir desse momento somos novamente donos da nossa vontade e feitores do nosso destino. A partir daí, sabemos que chegará o dia em que iremos olhar para trás e veremos areia onde antes existiram pedras, meros vestígios do que antes pareceu que nunca iria desaparecer. E sorrir, porque a vida ainda agora começou.



sinto-me: Pensador
música: Duffy - Warwick Avenue
Vendido por Chinês às 01:21
link do post | Comentar produto | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre o Chinês

.Procurar n'A Loja

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO