Opiniões e divagações entre porcelanas, tupperware, imitações de barbies e plantas artificiais.

.Produtos recentes

. How to make two lovers of...

. Uncertain future

. Um quase até já...porque ...

. Hold Still

. Estranhezas

. Heartbreakes

. I don't feel like singing...

. Uma nova (longa?) viagem

.Arrecadação

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.tags

. todas as tags

Domingo, 6 de Julho de 2008

Estranhezas

Estranha é a sensação de liberdade, quando deixamos para trás algo que nos prendeu durante o que pareceu uma eternidade. Uma estranha sensação de coragem, pequena mas resoluta, quando decidimos dizer ao nosso coração que basta de tentar encontrar motivos para continuar agarrado a algo que não faz bem à saude nem à alma. Uma leveza estranha que nos faz sair airosamente de cabeça levantada, ainda que incertos do que o destino nos reserva a seguir. E ao mesmo tempo, uma tremenda noção do chão que pisamos com força, mostrando, pela primeira vez em muito tempo, uma convicção que substitui as acções descaracterizadas de antes. Ainda que o mais estranho seja termo-nos entregue de corpo e alma sem sequer abrir os olhos, a algo que, de olhos abertos, saberíamos recusar com prontidão. E a partir desse momento, reabre-se um mundo que conhecemos outrora e para o qual nos fechámos. Mas desta vez será diferente, porque assim o decidimos, porque somos nós que escolhemos chutar as pedras do caminho em vez de tropeçar nelas, porque a partir desse momento somos novamente donos da nossa vontade e feitores do nosso destino. A partir daí, sabemos que chegará o dia em que iremos olhar para trás e veremos areia onde antes existiram pedras, meros vestígios do que antes pareceu que nunca iria desaparecer. E sorrir, porque a vida ainda agora começou.



sinto-me: Pensador
música: Duffy - Warwick Avenue
Vendido por Chinês às 01:21
link do post | Comentar produto | favorito
|
1 comentário:
De Summer a 6 de Julho de 2008 às 02:07
Devo dizer que os teus posts ultimamente estão um pouco nostálgicos, pensas talvez demasiado no passado, passado que não fez bem, apesar de ter permitir seres agora quem és.
Por isso, espero mesmo que sorrias, que não olhes para trás, o passado pode acabar por nos prender, e que vivas o teu presente e o teu futuro, porque isso é o que tu podes mudar. O futuro agora até tem bastantes vivências reservadas par ti, nesta tua nova etapa, que a passos largos se aproxima.


<3 Amo-te.

Comentar produto

.mais sobre o Chinês

.Procurar n'A Loja

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO